Seguidores

terça-feira, 30 de junho de 2020

FILHA É PRESA APÓS MATAR MÃE A MARRETADAS E FACADAS EM NATAL; "DESDE SÁBADO QUE EU CHEIRO"

Segundo Polícia Civil, mulher de 18 anos confessou crime e disse ter cometido ato extremo por medo de ser expulsa de casa.
Uma mulher de 18 anos foi presa após matar a própria mãe a facadas e marretadas, na manhã desta terça-feira (30), na Zona Oeste de Natal. A informação foi confirmada pela Polícia Civil. Aos agentes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a mulher confessou o crime e disse ter cometido o ato extremo por "impulso".
Em vídeo que circula pelas redes sociais, a jovem revela ter cometido o crime e diz que estava sob efeito de drogas. 
"Matei minha mãe com quatro marteladas e ainda dei duas facadas na cabeça dela. Não sei por qual motivo a matei. Eu cheirei pó ontem e hoje. Desde sábado que eu cheiro", contou.
 A vítima foi identificada como Edilza dos Santos Oliveira, de 53 anos. Na delegacia, a jovem disse que assassinou a própria mãe por medo de ser expulsa de casa, o que já havia acontecido antes por causa da dependência química da suspeita. As duas moravam juntas no bairro Bom Pastor.
Ainda segundo a Polícia Civil, a mulher presa em flagrante contou ter passado a noite anterior consumindo drogas ilícitas e ingerindo bebidas alcoólicas, o que, segundo ela, teria provocado o homicídio. Ela deverá ser encaminhada à Central de Flagrantes e o crime será investigado pela DHPP.



Assista o vídeo AQUI!!!

Passando na Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário