Seguidores

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Líderes do Brics defendem solução pacífica para questão nuclear na península coreana

Os cinco líderes do Brics - grupo formado por Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul - querem uma solução pacífica para a questão da Coreia do Norte com negociação direta entre as partes.

Sobre as eventuais sanções prometidas por Donald Trump para os países que têm comércio com os norte-coreanos, os chineses disseram que eram inaceitáveis e injustas. 

Já o chanceler brasileiro Aloísio Nunes afirmou que o Brasil só aplica sanções que sejam negociadas pelo Conselho de Segurança da ONU. 

Durante a reunião ampliada, o presidente Michel Temer defendeu a abertura da agência do Banco do Brics no Brasil. O assunto ficou fora do comunicado final, mas a ideia é que um escritório do banco seja inaugurado em São Paulo nos próximos dois anos, quando o Brasil assume a presidência do grupo. 

Xiamen (China) Embed
Vivian Oswald, da Radio France Internationale
Via: EBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.