Seguidores

terça-feira, 20 de junho de 2017

STF SOLTA IRMÃ, PRIMO E ADIA JULGAMENTO DE AÉCIO

Minas 247 - A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (20) converter a prisão preventiva de Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), em prisão domiciliar, com monitoramento por tornozeleira eletrônica.
Com os votos dos ministros Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes e Luiz Fux, os ministros também decidiram que Frederico Pacheco, primo de Aécio, passe à prisão domiciliar com medidas cautelares." Por maioria, é provido em parte o agravo nos termos do voto do ministro Luiz Fux", disse Marco Aurélio ao proclamar o resultado.
A decisão que beneficiou Andrea e Frederico foi tomada pela Corte no julgamento do ex-assessor do senador Zezé Perrella, Mendherson Souza Lima. Na mesma sessão, os ministros decidiram adiar o julgamento da ação da procuradoria-geral da República que pede a prisão preventiva do senador Aécio Neves. Ainda não tem nova data para julgar. Prazo depende do ministro relator, Marco Aurélio. 
 
Fonte: Brasil 247.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.