Seguidores

sábado, 14 de janeiro de 2017

Mossoró/RN: Presidiário é executado com mais de 15 tiros de pistola no sítio Riacho Grande

O preso do Semiaberto da Penitenciária Mário Negócio, Antônio José Lopes, conhecido como "Caminhoneiro", foi executado com mais de 15 tiros de Pistola calibre 380 em uma parada de ônibus na comunidade de Riacho Grande, na zona rural de Mossoró RN

O crime aconteceu por volta das 22h10min desta sexta feira, 13 de janeiro e, segundo informações colhidas pela PM, o presidiário estava em uma parada de ônibus, a cerca de 100 metros da Penitenciária, quando foi surpreendido por homens que chegaram em um veículo e o executaram.

Segundo a perícia criminal, a vítima foi atingida com ao menos 15 tiros. No local foram recolhidas 23 cápsulas de pistola calibre 380 e todas estavam próximo ao corpo, o que leva a se deduzir que os disparos foram efetuados a curta distância.

Antônio José Lopes cumpria pena no regime semiaberto da PAMN por tráfico de drogas e estava fora da unidade prisional quando foi assassinado. A Polícia Militar, foi acionada para o local e isolou o corpo até a chegada da equipe do ITEP.

Ainda não se sabe o que o detento estava fazendo fora do presídio depois das 22 horas. A Polícia acredita que ele tenha recebido algum chamado de alguém para ir ao local, o que na gíria policial significa dizer que ele foi levado para o "cheiro do queijo".

O corpo do presidiário, foi removido para a sede do ITEP, onde será necropsiado e depois liberado. Com mais um crime de homicídio registrado em Mossoró, o terceiro desta sexta feira (13), a cidade já contabiliza 09 assassinatos. A investigação do caso ficará a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).
 
Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.