Seguidores

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Tragédia! Dezenove jogadores da Chapecoense morrem e três são resgatados com vida em acidente aéreo

Conmebol cancela final da Sul-Americana após acidente com avião da Chape

Três jogadores da Chapecoense ficaram feridos e estão entre os cinco sobreviventes da queda do avião que levava o time a Medellín: o lateral esquerdo Alan Ruschel e os goleiros Danilo e Follmann. As informações são de hospitais da região e de familiares dos jogadores, como a irmão de Alan. O jornalista Rafael Henzel também foi resgatado com vida. A outra sobrevivente é a comissária de bordo Ximena Suarez.
O avião que transportava a delegação da Chapecoense, para Medellín, local do primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, desapareceu do radar e sofreu um acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión na madrugada desta terça-feira. No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. As buscas já foram encerradas e ainda não há confirmação oficial do nome das vítimas
Alguns atletas da Chapecoense não viajaram com a delegação. A lista inclui os seguintes jogadores: Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima. Eles não vinham sendo utilizados pelo treinador Caio Júnior. Entre todo o time, o goleiro Nivaldo é o mais antigo do elenco e está no grupo desde que a equipe estava na Série D.


"Alan Ruschel tem uma fratura de luxação na coluna e do membro superior direito. Estão passando por cirurgia e posteriormente passará por exames mais completos. Rafael tem um trauma de tórax e fratura de perna esquerda. E aguarda os procedimentos. Há mais feridos em uma outra clínica e no hospital São Vicente de Paula", disse uma autoridade do hospital em entrevista transmitida pelo canal SporTV
A mulher de Alen Ruschel, Amanda, escreveu no Instagram que o estado de saúde do marido é estável. "Graças a Deus o Alan está no hospital, estado estável. Estamos orando por todos que ainda não foram socorridos, e força para todos os familiares. Situação complicada, difícil. Só Deus para dar força mesmo", escreveu a esposa do defensor
O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, também não estava no voo. Ele estava na lista como convidado do clube para a viagem à Colômbia. Mais dois integrantes da lista, Rodrigo Ernesto e Pablo Castro, também não estavam na aeronave. Ambos cuidam da logística do time, chegaram antes e estavam no aeroporto para o receptivo
O avião tem lugar para 95 pessoas, mas, segundo as autoridades colombianas, tinha 72 passageiros e nove tripulantes no momento do acidente. No total, eram 48 membros da Chapecoense, incluindo 22 jogadores, 21 jornalistas e três convidados, além da tripulação.


Veja, abaixo, a relação de quem estaria a bordo, segundo a rádio Caracol:
Delegação da Chapecoense:
Alan Ruschel (lateral): primeiro a ser resgatado, o atleta foi levado para o hospital; segundo o Bom Dia Brasil, o jogador chegou em estado de choque e perguntando pela família.

Ananias Eloi Castro Monteiro (maia): o jogador de 27 anos teve passagens pelo Bahia, Portuguesa, Cruzeiro, Palmeiras e Sport.

Arthur Maia (meia): o alagoano Arthur Brasiliano Maia, de 24 anos, era jogador do Vitória emprestado à Chapecoense.

Bruno Rangel (atacante): nascido no Rio, Bruno Rangel Domingues, de 34 anos, passou por times como Paysandu e Joinville antes da Chapecoense.

Aiton Cesar

Cleber Santana

Marcos Padilha

Dener Assunção

Filipe Machado

Jakson Follmann

José Paiva

Guilherme de Souza

Everton Kempes

Lucas da Silva

Matheus Btencourt

Hélio Zampier

Sérgio Manoel Barbosa

William Thiego

Tiago da Rocha

Josimar

Marcelo Augusto

Mateus Lucena dos Santos

Luiz Carlos Saroli, o Caio Júnior (técnico): ex-jogador com passagens por Grêmio, Internacional e Paraná, dentre outros, comçou a carreira de técnico em 2000. Na função, passou por clubes como Palmeiras, Flamengo, Grêmio, Bahia, Vitória e Criciúma.

Eduardo Filho

Anderson Araújo

Anderson Martins

Marcio Koury

Rafael Gobbato

Luiz Cunha

Luiz Grohs

Sérgio de Jesus

Anderson Donizette

Andriano Bitencourt

Cleberson Fernando da Silva

Emersson Domenico

Eduardo Preuss

Mauro Stumpf

Sandro Pallaoro

Gelson Merísio

Nilson Jr.

Decio Filho

Jandir Bordignon

Gilberto Thomaz

Mauro Bello

Edir De Marco

Daví Barela Dávi

Ricardo Porto

Delfim Pádua Peixoto Filho

Profissionais de imprensa
Guilherme Marques, da Globo

Ari de Araújo Jr., da Globo

Guilherme Laars, da Globo

Giovane Klein Victória, da RBS

Bruno Mauri da Silva, da RBS

Djalma Araújo Neto, da RBS

André Podiacki, da RBS

Laion Espíndola, do Globo Esporte

Victorino Chermont, da Fox

Rodrigo Santana Gonçalves, da Fox

Deva Pascovicci (Devair Paschoalon), da Fox

Lilacio Pereira Jr., da Fox

Paulo Clement, da Fox

Mário Sérgio, da Fox: ex-jogador e ex-técnico de futebol, atualmente era comentarista nos canais Fox Sports.

Renan Agnolin: repórter da rádio Oeste Capital, de Chapecó

Fernando Schardong, Rádio AM

Edson Ebeliny, Rádio AM

Gelson Galiotto: narardor da rádio Super Condá, de Chapecó

Douglas Dorneles: repórter esportivo da Rádio Chapecó

Jacir Biavatti, Rádio FM

Ivan Agnoletto: da rádio rádio Super Condá, de Chapecó.

Rafael Henzel: jornalista da rádio Oeste Capital, de Chapecó, foi resgatado com vida.

Tripulação
Miguel Quiroga

Ovar Goytia

Sisy Arias

Romel Vacaflores

Ximena Suarez

Alex Quispe

Gustavo Encina

Erwin Tumiri

Angel Lugo



Atualizando:
O goleiro Danilo, que havia sido resgatado com vida, morreu no hospital, segundo a Cruz Vermelha e a empresa de logística que estava em contato com a Chapecoense.

Via: O Mural de Riacho da Cruz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.