Seguidores

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Sindicatos repudiam ataque a Rádio Seridó em Caicó/RN


*Sindicato dos jornalistas do RN emite nota após incêndio a transmissores da Rádio Seridó

Pr%C3%A9dio-dos-transmissores-da-R%C3%A1dio-A-Voz-do-Serid%C3%B3-foi-atacado-por-v%C3%A2ndalos-Foto-Mauricio-Fernandes-696x404-696x404.jpg (696×404)

NOTA 

É preciso termos paz. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte conclama toda a sociedade e as autoridades constituídas para juntos buscarmos a paz. O potiguar não suporta mais tanta violência, dentro e fora dos presídios. É preciso que todo o sistema seja repensado para que possamos gozar de uma sociedade segura e inclusiva. Durante essa onda de ataques, a Rádio Seridó, na cidade de Caicó, também foi alvo dessa barbárie que está atingindo a todos indistintamente. Mais do que nunca, a imprensa não pode ser calada nesse momento especial em que passamos. A pior censura é a do terrorismo e não podemos nos calar diante disso. Que esse e outros incidentes sejam veementemente apurados e seus responsáveis punidos nos limites da lei. O SINDJORN se solidariza com todos os profissionais de imprensa que estão fazendo a cobertura desse terrível capítulo da nossa história e está atento a qualquer movimentação contra a liberdade de imprensa e aos profissionais, no tocante também a segurança pessoal deles. Lutamos e lutaremos por uma imprensa livre e sem amarras.

SINDJORN
 
*Sindicato dos Radialistas também repudia ataque à a Rádio Seridó em Caicó
 
 
 
 
 
NOTA DE REPÚDIO 

O Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Rio Grande do Norte - SINTERT-RN, vêm a público manifestar sua indignação e repúdio pelos atos de violência e barbárie vivenciados pela população do RN e lamentar o atentado contra os transmissores de uma emissora de rádio na cidade de Caicó. Solicite das autoridades o uso da força conferida pela lei para coibir esta situação, antes que os alvos sejam trabalhadores que lutam pela sobrevivência, levando informação e entretenimento à sociedade.

Esperamos que a nossa momentânea impotência frente à estes atentados não venha calar o nosso clamor por justiça. Exigimos das nossas autoridades todo empenho na investigação e punição aos culpados destes crimes como forma de restaurar a dignidade de toda sociedade potiguar, que se vê a mercê de tamanha barbárie.

Jailson Gomes - Presidente do SINTERT-RN
 
 Via: Eduardo Dantas
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.