Seguidores

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Cuidado com o refrigerante, o sexto alimento mais consumido por adolescentes

Entre os 20 alimentos mais consumidos pelos adolescentes brasileiros, os refrigerantes estão entre os seis primeiros, à frente das hortaliças, e as frutas sequer aparecem na lista. Os dados são do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA), realizado pelo Ministério da Saúde e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que aponta ainda índice de 8,4% de obesidade entre meninos e meninas de 12 a 17 anos.

A nutricionista do Hapvida, Rafaela Souza, alerta que o refrigerante não contém nenhum valor nutricional, além de auxiliar no ganho de peso e ser o grande responsável pelas celulites. A profissional explica que uma lata do refrigerante comum possui, em média, 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, cafeína, sódio e muitos aditivos químicos, além de ser uma bebida muito ácida. “Os refrigerantes possuem diversas substâncias usadas para dar cor à bebida. Esses aditivos químicos são tóxicos para as células do organismo, causando agressões e propiciando o surgimento de câncer”, atenta.

Rafaela informa que o consumo exagerado de refrigerantes pode acarretar à obesidade, diabetes, pressão alta, doenças cardiovasculares, cárie, envelhecimento precoce, gastrite, entre outros problemas. Por possuir grande quantidade de açúcar, a bebida pode levar à obesidade, aumentar o nível de glicose no sangue e a resistência à insulina. “Esses fatores combinados elevam o risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2. E também corrobora para o surgimento de cáries”, reforça.

A combinação de obesidade, aumento de glicose e gordura no sangue eleva o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como aterosclerose, acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio. “O consumo de refrigerante deve ser feito moderadamente e eventualmente, por exemplo, uma vez ao mês. Deve-se dar preferência a sucos naturais, que fornecem um bom aporte energético, além de um alto valor nutritivo”, ressalta a nutricionista.

Conheça alguns tipos de refrigerantes:

Diet – é um refrigerante com isenção de algum componente comparado ao produto convencional, no caso seria isenção dos açucares.

Light - é feita uma redução mínima de 25% de calorias. No caso dos refrigerantes, é usado adoçante artificial que, consequentemente, reduz as calorias.

Refrigerante verde – é reduzido o açúcar por stevia, que é um adoçante natural.


*Nosso Paraná/Mixmidia Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.