Seguidores

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

APODI/RN: Reportagem sobre caieiras de Soledade é finalista em prêmio nacional de jornalismo.


A reportagem “Filhos do Fogo” que conta a dura rotina dos trabalhadores das caieiras da cal no Rio Grande do Norte é um dos finalistas nacionais do prêmio Ministério Público do Trabalho de Jornalismo (MPT). A confirmação saiu na última sexta-feira, 5. O trabalho realizado pelos jornalistas José de Paiva Rebouças (apodiense), Esdras Marchezan e José Bezerra concorre com outros 400 trabalhos de todo o Brasil. A premiação ocorre no dia 1º de setembro em Brasília.

Confira a reportagem

Realizado pelo coletivo independente de jornalistas, Repórter de Rua, em parceria com o Novo Jornal, a reportagem ganhou grande repercussão, sendo reproduzida em vários estados. Veículos como Brasil de Fato, de circulação nacional, reproduziram o trabalho que conta com detalhes a situação de centenas de trabalhadores da cal do RN, com grande destaque para a comunidade de Soledade, em Apodi. 

Este é o segundo trabalho do Repórter de Rua sobre a região de Apodi que se destaca em nível nacional. O primeiro foi “Resistência em Palmares” que mostrou a luta das mulheres da agrovila Palmares para não saírem de suas terras desapropriadas pelo governo federal para implantação do perímetro irrigado do Apodi. 

Por trás dessa atenção toda a Apodi está o conterrâneo José de Paiva Rebouças. Jotta Paiva como é mais conhecido em sua terra, foi diretor de redação da Rádio Vale do Apodi, depois chefe de redação do Jornal de Fato e, mais recentemente, secretário de Comunicação Social de Mossoró. Formado em Jornalismo, desde 2013 faz parte dos quadros do coletivo Repórter de Rua integrando o seleto grupo de jornalistas premiados do RN.


Cassinho Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.