Seguidores

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Sem reajuste salarial há três anos, servidores de Apodi/RN entram em geve!

Os servidores públicos de Apodi, em greve desde o dia 1 de junho, ocuparam nesta quinta-feira, 9 de junho, a Câmara Municipal da cidade. Os trabalhadores lutam, entre outras coisas, por reajuste salarial, já que estão com salários atrasados há 3 anos.
A ocupação do Legislativo teve o objetivo de chamar a atenção dos vereadores para o problema e conseguir o apoio dos parlamentares para a causa do funcionalismo público apodiense. A paralisação do funcionalismo público de Apodi tem o apoio da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN).

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apodi (SINTRAPMA), publicou Carta Aberta à População explicando os motivos da paralisação. Veja:

“Em respeito aos pais, alunos, à sociedade apodiense e, em particular, aos servidores públicos municipais, consideramos destacar alguns pontos da greve:

O SINTRAPMA buscou negociar com o prefeito ao longo dos últimos dois meses, não obtendo nenhuma resposta efetiva para apresentar aos servidores municipais.

Solicitamos seu apoio nas reivindicações que tem, como objetivos a melhoria e valorização do serviço público e porque, nós trabalhadores, precisamos também de valorização e respeito, e não congelamento dos nossos salários, como já está acontecendo desde 2014.

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que SERVIÇO PÚBLICO DE QUALIDADE se faz com SERVIDORES PÚBLICOS VALORIZADOS! E definitivamente não é o que está acontecendo em Apodi, muito pelo contrário, pois estamos há três anos sem reajuste salarial.

 O serviço público de Apodi está desvalorizado e o motivo é o descompromisso do prefeito com os servidores da cidade. Por isso, pedimos apoio à nossa luta! Convidamos a todos a participar dos nossos atos e mobilizações.

A luta continua para garantir nossos direitos e exigir da prefeitura o respeito que merecemos. Estamos ao lado da comunidade e pedimos o apoio de todos nessa grande mobilização.

Estamos em greve e permaneceremos em greve até que a gestão municipal nos trate com respeito e igualdade.

Fonte: FETAM/RN
Via: O Mural de Riacho da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.