Seguidores

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Servidores da Ufersa anunciam paralisação para próxima quinta-feira

Protesto é contra o Projeto de Lei Complementar 257/16, que, segundo o SINTEST-RN, adota uma política de ajuste e controle de gastos e corte de direitos dos servidores públicos.
Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal Rural do Semi-Árido decidiram que paralisarão as atividades na próxima quinta-feira, 14 de abril. A decisão segue recomendação da FASUBRA, entidade a qual o SINTEST-RN/UFERSA é filiado. O protesto é contra o Projeto de Lei Complementar 257/16, anunciado no último dia 22 de março, pelo Governo, e que adota uma política de ajuste e controle de gastos e corte de direitos dos servidores públicos, como por exemplo, o congelamento de salário por tempo indeterminado, programas de demissões voluntárias, privatizações, entre outras mazelas que trazem enormes prejuízos a categoria.

Na assembleia também ficou definido que a quinta-feira, 14, será um dia voltado para a conscientização dos servidores que não aderirem à paralisação e a comunidade universitária. O SINTEST-RN/UFERSA estará percorrendo os diversos setores da UFERSA distribuindo material explicativo sobre a PLC 257/2016. “Precisamos fortalecer a nossa base sindical para que possamos enfrentar os desmandos do governo para com a nossa classe de servidores públicos”, afirmou o coordenador setorial geral do SINTEST-RN/UFERSA, Allyson Bezerra.


*Fonte: Política em Foco
Via: O Mural de Riacho da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.