Seguidores

domingo, 13 de março de 2016

Integrante de quadrilha que matou PM apodiense no CE é morto

O Policial Militar apodiense Hudson Danilo morreu no dia 10 de janeiro deste ano. Ele foi baleado três dias antes em um confronto com assaltantes na zona rural do município de Jaguaretama, no interior do Estado do Ceará.
Há exatos dois meses da morte do policial militar apodiense Hudson Danilo, no município de Jaguaretama, no interior do Ceará, um dos suspeitos de ter participado do crime morreu na ultima sexta-feira (11), em Horizonte, na região Metropolitana de Fortaleza.

Valdênio Walter de Oliveira Andrade, de 25 anos, foi localizado pela polícia e reagiu a abordagem. Ele ainda chegou a ser socorrido a uma unidade hospitalar, mas não resistiu. Outras duas pessoas foram detidas na operação.
Segundo a polícia, Valdênio é um dos integrantes da quadrilha que baleou e matou o PM Hudson na noite do dia 07 de janeiro deste ano, durante um assalto a uma fazenda. Na época, o apodiense que trabalhava no Destacamento da Polícia Militar de Jaguaretama lutou pela vida durante três dias em um dos hospitais de Fortaleza, mas teve morte cerebral constatada no domingo, 10 de janeiro.

Até o momento, pelo menos dois criminosos que participaram do confronto já foram presos, entre eles, o líder do bando, Willame Huaina Diógenes Cintra. Em entrevista recente, a polícia divulgou que a quadrilha era extensa e que não tinha prendido nem um terço dela.

Há menos de um mês, o comandante de Hudson Danilo e companheiro de operação no dia de sua morte, foi executado a tiros em via pública. Ele fazia uma caminhada quando foi abordado por dois homens em uma moto.

A polícia não soube informar se os dois crimes têm relação. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município.

Diário do Nordeste
Via: O Mural de Riacho da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.