Seguidores

domingo, 10 de janeiro de 2016

Salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 3.518,51, aponta Dieese



Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

O salário mínimo passou a ser de R$ 880 no início desse ano, mas o valor ainda está muito abaixo do ideal, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo a instituição, "para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência", o salário mínimo deveria estar em R$ 3.518,51. Mesmo com o reajuste de 11,6% (R$ 92) que entrou em vigor no dia 1º de janeiro, o número ainda é aproximadamente 3,9 vezes menor que o indicado pelo Dieese. A marca de R$ 3.518,51 é a maior da série histórica, iniciada em 1994. Por lei, o salário mínimo no Brasil é reajustado anualmente com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e na taxa de crescimento real do PIB dois anos antes.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.