Seguidores

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Ceará: Castanhão volta a ganhar volume após 10 meses; água em um dia equivale a 1.676 piscinas olímpicas

O nível do reservatório subiu 6 cm em apenas um dia, quantidade significativa, considerando as dimensões do açude.

Depois das chuvas registradas nos últimos dias, o cearense tem mais um motivo para manter a 

esperança pelo fim da seca que assola o Estado deste 2012. Entre os dias 13 e 14 de janeiro, o volume do açude Castanhão aumentou em 4,19 milhões de metros cúbicos, o que poderia encher 1.676 piscinas olímpicas. O registro foi feito pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídrico (Cogerh).

Esta a primeira vez que o reservatório registra um aumento no volume em mais de 10 meses. Do dia 3 para 4 de abril de 2015 o volume passou de 1.517,51 hm³ para 1518,93 hm³. Como 1 hm³ equivale a um milhão de metros cúbicos, o acréscimo foi de 1,42 milhão de m³, o suficiente para aumentar o nível do açude em 1 centímetro.

O registro nesta semana, entretanto, foi bem maior, elevando o nível do reservatório em 6 cm em apenas um dia, quantidade significativa, considerando as dimensões do açude. O volume subiu de 703,88 hm³ para 708,07 hm³.   

Mesmo assim, a situação ainda é preocupante, caso a estiagem continue. Apesar de toda a água acrescentada, o volume total aumentou apenas 0,06%. No momento, o Castanhão tem apenas 10,57% de sua capacidade.

Chove em 56 municípios nesta sexta-feira (15).

Nas últimas 24 horas choveu em 56 municípios do Ceará, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Das 7h de quinta às 7h desta sexta-feira (15) as maiores precipitações foram registradas em Iracema (60mm) e Quixelô (55mm).
Completam lista de maiores chuvas Jati (39,2 mm), Pereiro (37,4 mm), Milhã (37 mm), Porteiras (32 mm) e Mombaca (31 mm).

*Diário do Nordeste/ Nosso Paraná RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.