Seguidores

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

RN tem maior efetivo de PM por habitantes do Nordeste

O Rio Grande do Norte é o Estado do Nordeste que tem o maior número de Policiais Militares proporcionalmente a quantidade de habitantes: um PM para cada 378 habitantes. A média nacional é de um agente para cada 473 pessoas.
Os dados constam na Pesquisa de Informações Básicas Estaduais e Municipais 2014, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística este ano. O Maranhão é o que tem a pior taxa do país de policiais militares por habitante: um PM para cada 881 habitantes. Após o Maranhão, está o Paraná, com um policial para cada 630 moradores.

Em sentido contrário, a pesquisa mostra que o Distrito Federal tem o maior indicador entre as unidades da Federação, um policial para cada grupo de 194 pessoas. O RN, ficou em 7º lugar com o maior número de PMs por habitantes.

A pesquisa também mostra que o Estado do Rio Grande do Norte, assim como a Paraíba e Mato do Grosso, não possuía, até a finalização da pesquisa, um plano de segurança pública.

Os Estados do Amapá e Santa Catarina não souberam responder à questão.

O número de PMs no RN, no entanto, contraria as estatísticas apresentadas ao longo de 2015.

De acordo com o levantamento divulgado em novembro pela Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), o RN registrou pelo décimo mês consecutivo redução nos índices de crimes violentos letais intencionais, o que não ocorria nos últimos 10 anos.

Em Mossoró, a redução foi de 17,90%, caindo de 162 mortes para 133 este ano, o que representa 29 casos a menos.

Em Natal, os índices caíram de 480 mortes de janeiro a outubro de 2014 para 407 assassinatos no mesmo período deste ano, o que significa uma redução de 15,21%, ou seja, 73 assassinatos a menos na capital.

No Estado, no acumulado dos meses de 2015 a redução foi de 9,96% no número de CVLIs, caindo de 1.486 em 2014 para 1.338 este ano, o que representa 148 assassinatos a menos neste período.

Somente no mês outubro deste ano, a redução foi 8,39% nos índices de CVLIs comparado com o mesmo mês do ano passado, passando de 155 mortes para 142.

Entre os tipos de crimes violentos letais intencionais mais recorrentes, o homicídio ainda é o que apresenta maior índice, com 1.174 casos, no entanto, 8,57% a menos que o mesmo período do ano passado, quando havia registrado 1.287 homicídios.

Já os crimes de latrocínio, roubo seguido de morte, houve uma redução de 26,92% se comparado com os dez meses de 2014, caindo de 52 para 38 casos.

Além disso, houve uma redução de 39,52% nos crimes de feminicídio, caindo de 48 casos em 2014 para 29 nos 10 primeiros meses de 2015.

Concurso

Em entrevista ao MOSSORÓ HOJE, em outubro deste ano, o comandante-geral da PMRN, o coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas, informou que para cumprir o planejamento adequado de segurança pública, o RN precisa de pelo menos 4,5 mil homens.

Na época, o coronel Ângelo Dantas, anunciou, em Mossoró, concurso público para o segundo semestre de 2016, na tentativa de minimizar a deficiência do quadro de pessoal.

O assessor da PMRN, Castelo Branco, informou que atualmente, o Estado conta com 8.700 agentes. Em relação ao concurso, Castelo Branco, informou que o processo ainda não foi autorizado pelo executivo estadual. "E só se pode dizer quantas vagas serão ofertadas, quando for autorizado", finalizou.

MH/ O Mural de Riacho da Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.