Seguidores

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Docentes da Uern decidem nesta sexta continuidade de processo de decisão judicial sobre legalidade da greve


Os docentes da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte marcaram uma assembleia para esta sexta-feira (06) para decidirem acerca da continuidade do processo de decisão judicial sobre a legalidade da greve.
A reunião foi convocada pela Aduern para às 08h30. Na oportunidade, será realizada uma avaliação do movimento grevista e também será decidido se a entidade dará continuidade ao processo que discute a legalidade da greve e justeza da pauta de reivindicações dos servidores na esfera jurídica.
A judicialização da  greve  foi iniciada pelo Governo do Estado que solicitou ao TJRN, em caráter liminar, o pedido de ilegalidade do movimento paredista. Em razão disso, o  desembargador  Cornélio Alves determinou a suspensão do movimento após 150 dias de paralisação.
 
Na mesma assembleia também serão indicados dois representantes da categoria docente para ocuparem assentos no Conselho Universitários da UERN (CONSUNI) e um representante para a Comissão de Acumulação de Cargos (CAC).
 
Comando de mobilização
 
Na próxima quinta-feira (05/11), ás 14:00h na sede da ADUERN,  o Comando de Mobilização se reunirá para também realizar uma avaliação do movimento paredista. Este comando foi criado na última assembleia da categoria em substituição ao comando de greve, e deverá, em parceria com a diretoria, garantir a  articulação e mobilização dos associados em prol da luta pelas urgentes reivindicações dos docentes da UERN .
 
De Fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.