Seguidores

sábado, 24 de outubro de 2015

RESPOSTA A ALTURA: EM ALAGOAS QUATRO SUSPEITOS DE ASSASSINAR POLICIAIS SÃO MORTOS APÓS CONFRONTO COM A PM.

Bandidos mortos em confronto
Os quatro suspeitos de participação no assassinato dos PMs, Cabo Alisson e Soldado Anderson estão mortos. Depois de Elias Abelardo, morto em confronto no Village Campestre, a Polícia Militar seguiu os outros três suspeitos na madrugada deste sábado (24), que foram encontrados na cidade do Pilar, onde aconteceu uma troca de tiros, os acusados foram feridos e encaminhados ao HGE, mas não resistiram.
Ainda durante a tarde de sexta-feira, o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, já havia anunciando que duas cidades do interior do Estado estavam sendo monitoradas. 
Diante das investigações, uma operação da Polícia Militar seguiu para a cidade do Pilar, onde estavam os irmãos Leandro e Ronaldo Matias Cavalcante , além do cunhado Leandro José de Moura, foram encontrados e reagiram a ação policial, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública.
Após a troca de tiros, os três acusados foram baleados e chegaram a ser encaminhados para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiram aos ferimentos e faleceram no decorrer da madrugada deste sábado.

Ainda na sexta-feira, o primeiro suspeito de participação no crime já havia sido encontrado pela Polícia Militar. Elisson Abelardo Alves estava no Conjunto Village Campestre, na parte alta da cidade, quando também reagiu à ação policial e foi morto.
Com as ações planejadas pelas Forças Policiais, em menos de 24 horas os suspeitos de participação no assassinato do Cabo Alisson Nascimento e do Soldado Anderson Passos, tiveram suas identidades divulgadas, foram encontrados e mortos, em mais um crime de repercussão em Alagoas.
Além da Polícia Militar, com seus inúmeros batalhões, Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal participaram das incursões feitas durante toda a sexta-feira. Investigações seguem em curso para apurar as causas que levaram os PMs até o local do crime.



O caso

O soldado Alison Nascimento e o cabo Anderson Passos foram surpreendidos por homens armados quando desempenhavam suas funções.
Eles foram baleados e ainda tiveram celulares e armas roubadas. Uma das principais suspeitas é que tenha ocorrido uma troca de tiros, mas os militares foram atingidos, não resistiram e morreram. O outro policial que ficou no veículo tentou pedir reforço, mas os atiradores fugiram.
Um morador, que pediu para não ser identificado, disse que ouviu uma sequência de mais de 30 disparos por volta das 06h30, seguido de uma pausa e nova sequência de tiros.



Fonte: Cada Minuto/ Camocim Polícia 24h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.