Seguidores

terça-feira, 20 de outubro de 2015

MP apura “contratações irregulares” em Ouro Branco e 17 pessoas prestarão esclarecimentos

O Promotor de Justiça Gláucio Pinto Garcia instaurou Inquérito Civil, objetivando apuração de diversas contratações irregulares pela Prefeitura de Ouro Branco, tendo em vista a farta documentação recebida do TCE/RN, assim como a obtida junto ao Portal da Transparência, ao Diário Oficial dos Municípios, dentre outros meios, noticiando possíveis contratações precárias irregulares (recepcionista, gari, agente administrativo, professor, guarda municipal, operador de máquinas pesadas, motorista, etc.).
Como diligências iniciais, o Promotor Público mandou notificar a prefeita do município, Maria de Fátima Araújo da Silva, e aprazar audiência ministerial e intimação para comparecerem a Promotoria de Justiça e prestarem esclarecimentos acerca de suas contratações, em 21 de outubro de 2015, as seguintes pessoas:
1) Ana Paula da Silva Costa; 2) Edchirley Silva Dantas; 3) Danilo Bezerra Araújo; 4) Francisco das Chagas Silva; 5) Elvis Kelvin da Costa; 6) Felipe Souto de Oliveira; 7) Francinaldo Anastácio da Costa; 8) José César Dutra de Araújo; 9) Maria Cristina de Lucena;  10) Linyedson Yvison de Medeiros; 11) Renata Catarina de Souza Santos;  12) Robson Oliveira do Nascimento; 13) Francisco de Assis Silva Medeiros Júnior; 14) Kamila Fidelis da Silva; 15) Iuri de Lucena Teixeira; 16) Lidmilson Costa de Lucena; e 17) Maria Cristina de Azevedo.

Informações: Tonny Washington 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.