Seguidores

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Equipe de tv tenta provar fragilidade na fronteira boliviana e acaba pagando por subestimar a fiscalização.

Equipe da TV Globo detida na fronteira da Bolívia


  

Uma equipe da TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso, foi detida no final da tarde desta segunda-feira na fronteira com a Bolívia. Eles transportavam substâncias semelhantes a cocaína e foram flagrados por policiais do Gefron (Grupo Especial de Fronteira) com substâncias semelhantes a cocaína.
O “chefe” da equipe era o jornalista Alex Barbosa, responsável por reportagens em rede nacional da emissora. Haviam ainda mais três pessoas.
Alex teria dito aos policiais que as substâncias não se tratam de cocaína ou qualquer outro tipo de droga.
Segundo o jornalista, seria um pó branco. Ele estaria na região fazendo uma reportagem sobre a fragilidade da fronteira, o que facilita a entrada de entorpecentes no Brasil.
A equipe da TVCA estava em dois carros. Um Gol adesivado e uma Parati branca, que transportava a droga. O motorista da Parati era um boliviano que trabalha no Brasil há algum tempo e diz conhecer a fronteira, inclusive estradas conhecidas como “cabriteiras”. 
A Secretaria de Segurança de Mato Grosso acompanha com atenção a detenção da equipe de televisão. Todos os detidos foram encaminhados a delegacia de Polícia Federal em Cáceres. 
De acordo com o secretário Mauro Zaque, caso seja comprovado que a substância transportada seja realmente cocaína, todos serão enquadrados pelo crime de tráfico de drogas. “Independente da questão de ser reportagem, eles serão tratados de acordo com o que rege a lei”, declarou.

thaisagalvao/ Jornal a Tromba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.