Seguidores

terça-feira, 24 de março de 2020

Aneel suspende cortes no fornecimento de energia elétrica motivados por falta de pagamento



Imagem ilustrativa.

24 de MARÇO 2020 - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira (24) suspender os cortes no fornecimento de energia elétrica motivados por falta de pagamento dos consumidores.

A medida vale por 90 dias, pode ser alterada e foi adotada em razão da crise na economia provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Pela decisão, a suspensão vale para todas as residências urbanas e rurais e para os serviços considerados essenciais, como hospitais.

A medida já vinha sendo defendida por entidades de proteção dos direitos dos consumidores como uma forma de ajudar as famílias.

O relator do processo, o diretor Sandoval Feitosa, destacou que a medida não isenta os consumidores do pagamento, mas serve para garantir a continuidade do fornecimento para quem não tiver condição manter as faturas em dia.

“Rogo a todos brasileiros que possam pagar no prazo a suas faturas que o façam. Isso permitirá que possamos abraçar as pessoas que não possam pagar as contas de energia”, afirmou.

No voto, Feitosa afirmou ainda que o fornecimento de energia elétrica é essencial para manter os brasileiros em suas casas. O processo foi votado em reunião extraordinária.

A resolução da Aneel também prevê outras medidas, entre as quais:

. suspensão da entrega mensal da fatura impressa;

. entrega pessoal de faturas;
. suspensão do descadastramento de famílias da tarifa social;
. suspensão de atendimento presencial ao público;
. entrega pessoal de faturas;
. suspensão do descadastramento de famílias da tarifa social;
. elaboração de planos de contingência específicos para atender 

. hospitais e locais usados para o tratamento da população.
Segundo a Aneel, os consumidores residenciais respondem por quase 47,5% do faturamento das distribuidoras de energia e hoje o nível de inadimplência é de 5%.
"Caso as medidas de vedação à suspensão do fornecimento resultem em aumento da inadimplência, o Órgão Regulador certamente terá que adotar medidas alternativas para garantia da sustentabilidade do setor elétrico", informou a agência.
Sobre a suspensão do corte de inadimplência, Feitosa afirmou ainda que a decisão também dá uniformidade ao tratamento dado às distribuidoras já que alguns estados e municípios têm publicado decretos proibindo o corte no fornecimento.

Por Laís Lis, G1 — Brasília
 

DIANTE DA REPERCUSSÃO NEGATIVA, GOVERNADORA FÁTIMA BEZERRA CANCELA CONTRATO DE PUBLICIDADE


Governadora Fátima Bezerra volta atrás e cancela contrato de publicidade de R$ 3 milhões. 

Nessa hora de tanta necessidade de insumos para os hospitais esse contrato era uma falta de solidariedade com os que estão nos hospitais precisando de "n" coisas.
 

Venezuela pagará salários de trabalhadores públicos e privados por 6 meses, para que fiquem em casa

Nicolás Maduro também mobilizou 20 mil médicos (venezuelanos e cubanos) em mutirão de exames prévios e proibiu demissões até o dia 31 de dezembro

Nicolás Maduro (Foto: Divulgação)
Em anúncio feito na noite deste domingo (22), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, lançou um plano para enfrentar a pandemia do coronavírus em seu país, onde se destacam medidas na área da saúde e da proteção social.
Entre os anúncios mais chamativos estão as voltadas à área do trabalho. Para garantir a quarentena, o estado venezuelano assumirá os salários de todos os trabalhadores públicos e privados durante os próximos 6 meses para que eles fiquem em casa. O plano consiste em que aqueles que podem continuar trabalhando de casa assim o façam. Também haverá um planejamento estratégico para os que precisam sair para fazer trabalhos considerados essenciais.
Além disso, o presidente também decretou que está proibido demitir trabalhadores até o dia 31 de dezembro. Também está proibido cobrar aluguel pelos próximos 6 meses, assim como cobrar por prestações e juros de qualquer tipo de financiamento.
As taxas de serviços de luz, água, gás também foram suspensas, por tempo indeterminado. O presidente também garantiu que 7 milhões de famílias vão receber uma cesta básica de alimentos, a cada 15 dias, enquanto durar o estado de emergência no país.
No âmbito da saúde, o governo venezuelano mobilizará 20 mil médicos, entre cubanos e venezuelanos, para visitar todas as casas, em um mutirão para realizar exames prévios na população. A iniciativa conta com a ajuda da China, que enviou 2 milhões de kits que entregam o resultado em apenas uma hora.
Além disso, a Venezuela incrementará o apoio através do chamado Sistema Pátria, um sistema informático de atendimento social que ajuda o estado a otimizar a atenção a cerca de 10 milhões de pessoas inscritas. Para se ter uma ideia da sua eficiência, nos últimos dias, o Sistema Pátria identificou pouco mais de 16 mil pessoas com sintomas de gripe e outros que poderiam sugerir um caso de Covid-19. Todos os identificados foram atendidos, e 7 deles se tratavam de casos de coronavírus.
▪Gracias a las medidas drásticas que se tomaron en Venezuela hemos cortado la cadena de transmisión del covid-19 en Venezuela.
Durante seu pronunciamento, Maduro afirmou que “nosso país está aplicando medidas drásticas, mas necessárias. Se não fosse por elas, hoje teríamos 2 mil casos por dia”. Até o momento, a Venezuela registra 77 casos de coronavírus, e ainda não existe transmissão comunitária. O país não tem nenhuma morte até agora.

Coronavírus: Justiça do Rio proíbe cultos de igreja de Silas Malafaia Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio - Divulgação Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio Imagem: Divulgação Da Reuters, no Rio de Janeiro 23/03/2020 21h20 A Justiça do Rio de Janeiro decidiu proibir os cultos da igreja evangélica liderada pelo pastor Silas Malafaia, informou o MP fluminense. Essa é a segunda tentativa de proibir os cultos. Numa primeira tentativa, a Justiça não tinha autorizado a paralisação das celebrações. Relacionadas TIM faz parceria com prefeitura do Rio para monitorar cidadãos durante... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2020/03/23/justica-do-rio-proibe-cultos-de-igreja-de-malafaia.htm?cmpid=copiaecola
Coronavírus: Justiça do Rio proíbe cultos de igreja de Silas Malafaia Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio - Divulgação Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio Imagem: Divulgação Da Reuters, no Rio de Janeiro 23/03/2020 21h20 A Justiça do Rio de Janeiro decidiu proibir os cultos da igreja evangélica liderada pelo pastor Silas Malafaia, informou o MP fluminense. Essa é a segunda tentativa de proibir os cultos. Numa primeira tentativa, a Justiça não tinha autorizado a paralisação das celebrações. Relacionadas TIM faz parceria com prefeitura do Rio para monitorar cidadãos durante... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2020/03/23/justica-do-rio-proibe-cultos-de-igreja-de-malafaia.htm?cmpid=copiaecola
Coronavírus: Justiça do Rio proíbe cultos de igreja de Silas Malafaia Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio - Divulgação Pastor Silas Malafaia promove culto em igreja de Campo Grande, na zona oeste do Rio Imagem: Divulgação Da Reuters, no Rio de Janeiro 23/03/2020 21h20 A Justiça do Rio de Janeiro decidiu proibir os cultos da igreja evangélica liderada pelo pastor Silas Malafaia, informou o MP fluminense. Essa é a segunda tentativa de proibir os cultos. Numa primeira tentativa, a Justiça não tinha autorizado a paralisação das celebrações. Relacionadas TIM faz parceria com prefeitura do Rio para monitorar cidadãos durante... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2020/03/23/justica-do-rio-proibe-cultos-de-igreja-de-malafaia.htm?cmpid=copiaecola

R$ 220 MILHÕES: Moro autoriza uso de recursos da Segurança para combate ao coronavírus

O Ministério da Justiça autorizou os estados a utilizarem recursos da ordem de R$ 202 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública e mais R$ 18 milhões do fundo de defesa dos direitos difusos para o combate à pandemia do coronavírus.


No caso do fundo de defesa dos direitos difusos, a verba será usada pelo Ministério da Saúde para instalar, em caráter emergencial, 13 kits de leitos de UTI com equipamentos necessários para tratar o coronavírus. Cada kit é composto de dez leitos. Os kits serão distribuídos em hospitais de referência e de grande porte, ainda a serem definidos.


Além disso, outra portaria do MJ autorizou os estados a utilizarem os recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública para “ações de segurança pública e defesa social necessárias ao combate dos efeitos da pandemia do coronavírus”. A portaria estabelece que os valores repassados serão bloqueados caso sejam identificadas irregularidades na aplicação.

O Globo

COM A 8ª MAIOR POPULAÇÃO DO PAÍS, O CEARÁ OCUPA A 3ª POSIÇÃO EM CASOS DE CORONAVÍRUS NO BRASIL


O número de casos de coronavírus (Covid-19) no Ceará teve um novo aumento nesta terça-feira (24), passando de 164 para 185, segundo o mais recente informe epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) nesta tarde. O aumento é de 12,8% em relação ao levantamento de segunda-feira (23).

A capital cearense continua no topo da lista de municípios com contaminações confirmadas. Segundo a Sesa, são 170 casos em Fortaleza, 6 em Aquiraz, 4 em Sobral, 1 em Juazeiro do Norte, 1 em Fortim e 1 em Mauriti. Há, ainda, dois casos detectados no Ceará de pessoas residentes em São Paulo (1) e em Uberlândia (1), Minas Gerais.



3º no país


Com a 8ª maior população do país com cerca de 9.133.000 habitantes, o Ceará é o 3º Estado com maior número de casos confirmados do Coronavírus no Brasil, perdendo somente para SP e RJ. Diante do avanço da Pandemia no Ceará acima do planejado, vemos que as medidas tomadas pelo governador Camilo Santana no combate ao Coronavírus não vem surtindo os efeitos desejados. Boa parte da população já defende medidas mais severas para conter ou controlar o surto, como por exemplo a quarentena obrigatória fiscalizada pela polícia, já que grande parte da população está descumprindo a orientação do governador para o chamado isolamento social.
 

Deputado Coronel Azevedo denuncia Governo do Estado por mal uso do dinheiro Público

Olá amigos. 

Peço a atenção de todos para essa notícia, no mínimo, estranha. No mínimo, suspeita. 

Se aproveitando da pandemia de Coronavírus, o Governo do PT vai gastar 3 milhões de reais em propaganda segundo o Diário Oficial. 
Pior: Sem concorrência e com dispensa de licitação. 

Sete agências de publicidade atendem o Governo do Estado e a escolhida foi a Dois A publicidade, que fez campanhas eleitorais da atual governadora. 

Por que a Dois A? 

Qual o critério? 

Por que não as outras agências? Lol

Com esse dinheiro, 3 milhões de reais, o Governo compraria 60 respiradores mecânicos. 

São equipamentos fundamentais para evitar a morte dos doentes de Coronavírus por asfixia, falta de ar, agonia extrema. 

Poderia fornecer material de proteção para a população carente, EPI para funcionários da saúde e da segurança.

É preciso que a comissão de fiscalização da Assembleia Legislativa, o Ministério Público é o TCE acompanhem este contrato e cobrem da secretária de Comunicação Social para explicar que história é essa. 

Fique atento, pandemia não é desculpa para o uso indevido do dinheiro público, do seu dinheiro.
 

Governo do RN antecipa pagamento de aposentados e pensionistas

O Governo do RN iniciará o pagamento do mês de março já nesta quinta-feira (26), antecipando em até cinco dias a última parcela da folha salarial deste mês para aposentados e pensionistas. A intenção é evitar aglomeração nas agências bancárias.
Todos os pensionistas e inativos da administração indireta serão os primeiros a receber, com depósito dos salários nesta quinta-feira (26). Na sexta (27) é a vez dos inativos da administração direta, além dos alunos soldados da Polícia Militar.
Os ativos das administrações direta e indireta receberão normalmente de acordo com o calendário de pagamentos estipulado no início do ano, com salários depositados nesta segunda-feira (31).
Os R$ 111 milhões do restante da folha correspondem aos 70% restantes dos servidores que recebem acima de R$ 4 mil (valor bruto) e o valor integral aos funcionários lotados em órgãos com recursos próprios.
Quem ganha abaixo deste valor já recebeu seu salário integral no último dia 14, além do adiantamento, também, de 30% a quem recebe acima desse valor e a integralidade do salário para a categoria da Segurança Pública.
 
*ASSECOM/SEPLAN.

MOSSORÓ-RN: [VÍDEO] HOMEM É ENCONTRADO MORTO EM ESTABELECIMENTO COMERCIAL NO CENTRO DA CIDADE

O corpo de um homem ainda não identificado, foi encontrado na tarde desta terça feira, 24 de março de 2020, no forro de um estabelecimento comercial na Rua Jerônimo Rosado no Centro de Mossoró no Rio Grande do Norte.
De acordo com as informações, funcionários de uma camisaria sentiram o mau cheiro e localizaram o corpo de um homem no espaço entre o forro de gesso e as telhas do prédio.
O corpo de Bombeiros foi acionado para auxiliar no resgate do corpo. A suspeita inicial é de que o homem morreu de choque elétrico.
A PM isola o local aguardando o trabalho do ITEP e da equipe da Delegacia de Homicídios.

*Passando na Hora. 

segunda-feira, 23 de março de 2020

Prefeitura de Pau dos Ferros decreta quarentena a partir da próxima quarta-feira (25)

A Prefeitura de Pau dos Ferros decretou nesta segunda-feira (23), um período de quarentena em todo o âmbito da municipalidade a partir da próxima quarta-feira (25). A medida é válida até 05 de abril e se faz necessária para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). O Decreto Executivo nº 013/2020 é possível devido ao Decreto Executivo nº 011/2020, aprovado à unanimidade pelo Poder Legislativo, que declara o nosso município em estado de calamidade pública, devido a pandemia provocada pelo Covid-19.

O decreto determina o fechamento de todo comércio de serviços não essenciais em todo o município pelo período de 10 dias. A medida poderá ser estendida se houver necessidade.

❌ Ficam suspensos, por força de Decreto, os seguintes serviços:

I. o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais (lojas) e prestadores de serviços, em shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres, academias, templos religiosos, casas de recepções, lojas maçônicas, centros de artesanato e demais equipamentos culturais, ressalvadas as atividades internas;

II. o consumo local em quiosques (localizados em logradouros e praças públicas), bares e restaurantes, sem prejuízo dos serviços de entrega – “delivery”;

III. a Feira Livre do Município em qualquer dia da semana, por tempo indeterminado; 

IV. bancas de camelôs em qualquer dia da semana, por tempo indeterminado. 

✅ Estão excluídos do decreto e poderão funcionar seguindo as recomendações sanitárias e de saúde:

I. Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, lavanderias, loja de materiais médico-hospitalares e serviços de limpeza e hotéis;

II. Alimentação: supermercados e congêneres (mini mercados), bem como os serviços de entrega (“delivery”) de bares, restaurantes, padarias e lojas de conveniência 24 horas, ficando expressamente proibida a aglomeração e o consumo no local;

III. Abastecimento: postos de combustíveis e derivados, revendedores de gás de cozinha e água mineral, oficinas de veículos automotores e borracharias; e

IV. Segurança: serviços de segurança privada.

Detalhes do decreto acesse: https://bit.ly/2UdgEQ3

*Cidadão 190
 

CAICÓ-RN: Agricultor coloca placa na entrada de sítio informando que não está recebendo visita por causa do coronavírus

Agricultor potiguar colocou placa na entrada de seu sítio pedindo para n]ao receber visitas por causa do novo coronavírus — Foto: Cedida
Um agricultor que vive em um sítio na zona rural de Caicó, no Seridó potiguar, colocou uma placa na frente de sua propriedade, pedindo para não receber visitas. Segundo Eudson Medeiros Costa, o objetivo é evitar a transmissão do novo coronavírus. “Quanto mais distante um do outro, menos passa o vírus e é melhor para toda a população”, orientou.
A placa, fixada na entrada do sítio, tem a frase “Não estamos recebendo visitas! Grato pela compreensão” e foi colocada no local na sexta-feira (20).
Seu Diton, como é conhecido na região, tem 63 anos e mora com a esposa e a filha no Sítio Macambira. “Nasci e me criei aqui. Vivo aqui há 63 anos”. Ele diz que tomou conhecimento dos riscos do Covid-19 pela imprensa, através do rádio e da televisão.
Além disso, a filha de Seu Diton é enfermeira e tem orientado os pais quanto às medidas de prevenção ao vírus. “Quanto mais aglomeração de gente, mais perigo”, alerta o agricultor. Segundo Seu Diton, os vizinhos o parabenizaram pela atitude e também estão aderindo ao isolamento.
No centro do município de Caicó, o Corpo de Bombeiros tem circulado com um carro da corporação para avisar à comunidade, com um megafone, da importância do isolamento social como medida de prevenção à doença. 
 

Estradas e aeroportos reabrem no Brasil por decreto de Bolsonaro

Bolsonaro publicou um decreto que atribui ao Governo a exclusividade para regular os transportes nacionais e internacionais e deixa sem efeito o encerramento dos aeroportos e estradas decretados em vários estados.
Segundo o diploma, os governos regionais e municipais só podem ordenar o encerramento de terminais ou vias de transporte com a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão regulador vinculado ao executivo.
No mesmo decreto, Bolsonaro garante o normal funcionamento dos serviços públicos e atividade essenciais, bem como a circulação de alimentos e produtos básicos para a população, incluindo material médico e equipas de saúde, necessárias para combater a pandemia pela covid-19.
Para o presidente brasileiro, a economia não pode parar e é necessário garantir o transporte de material de ajuda no combate ao novo coronavírus.
Entre os serviços e atividades consideradas essenciais estão os serviços médicos e hospitalares e o transporte entre municípios e estados brasileiros e as viagens internacionais de passageiros.
A medida de Bolsonaro vai permitir a milhares de argentinos e chilenos que estão há vários dias dormem nos aeroportos dos Brasil, impedidos de sair devido às restrições impostas pelo novo coronavírus, de poderem viajar para os seus países.
O Brasil contabiliza 11 mortos e 904 infectados pelo novo coronavírus.
Do total de mortes, nove ocorreram em São Paulo, que tem ainda 396 casos confirmados. O estado do Rio de Janeiro tem dois mortos e 109 infectados. Os estados de Roraima e Maranhão continuam os únicos sem casos registrados.
O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais pelo menos 11.401 morreram.
 

BEBEDEIRA, PERTURBAÇÃO DE SOSSEGO E DESOBEDIÊNCIA A DECRETO SOBRE CORONAVÍRUS ACABA COM UM PRESO EM JOSÉ DA PENHA


Por volta das 22h00 desse domingo (22), na Vila Major Felipe, Distrito de José da Penha, um grupo de jovens fazia uso de bebida alcoólica regadas a som portátil quando a polícia militar foi acionada por populares.
Baseados em uma recomendação do Ministério Público e um Decreto Estadual sobre prevenção e proliferação do Coronavírus, os PMs  orientaram os jovens a encerrar a bebedeira e retornarem as suas residências.
Uma hora depois do ocorrido, os policiais são chamados novamente, dessa vez no  Bairro Alto Duque de Caxias, zona urbana de José da Penha.
Por coincidência, a bebedeira também regada o som alto era realizada por parte do mesmo grupo de jovens e incomodavam toda a vizinhança.
Com a chegada da PM ouve tumulto e um dos jovens acabou recebendo voz de prisão e conduzido para a delegacia.
Ele foi identificado por Irineu Igor de Lucena (21 anos), residente em Luís Gomes.
Já o restante do grupo conseguiram foragir da ação policial. Eles foram identificados e posteriormente também irão responder judicialmente na forma da lei.
 

Prefeita anuncia cancelamento do Mossoró Cidade Junina 2020, devido à pandemia do novo coronavírus

A prefeita Rosalba Ciarlini anunciou na tarde deste domingo 22 de março, que, em função da pandemia do Coronavírus, o Mossoró Cidade Junina deste ano será cancelado e os recursos que seriam gastos no evento, serão destinados para a saúde do município.

A chefe do executivo disse que desde o começo da crise do coronavírus já admitia a possibilidade do cancelamento do Mossoró Cidade Junina para este ano de 2020 e com a confirmação do primeiro caso da doença em Mossoró e o pronunciamento do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, de que haverá um agravamento da doença entre os meses de maio a julho, decidiu cancelar por 90 dias todos os eventos esportivos e artístico-culturais, entre eles o Cidade Junina.

O cancelamento do MCJ 2020 será publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM) desta segunda feira (23), dentro do decreto de calamidade pública que trará outras medidas de prevenção e combate ao Covid-19.

Diante do período delicado por que passa o mundo inteiro por causa da pandemia do coronavírus, Mossoró tem que fazer a sua parte de forma planejada e responsável para combater esta pandemia no município, disse Rosalba Ciarlini..

Um caso já foi confirmado. Estamos juntando esforços e pedindo que as pessoas evitem aglomerações”, reforçou a prefeita. O Mossoró Cidade Junina aconteceria entre os dias 06 e 27 de junho, seguido do campeonato de grupos de quadrilhas juninas Nordestão, nos dias 11 e 12 de julho.

*Fim da Linha

Covid-19: Coronel Azevedo pede fornecimento de equipamentos de proteção para população carente

Diante da pandemia do Covid-19 (novo coronavírus) e da população carente do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) protocolou requerimento na Assembleia Legislativa solicitando o fornecimento de equipamentos de proteção individual como máscaras e álcool gel para as pessoas que vivem nessa situação no Rio Grande do Norte.

Na opinião do parlamentar, é importante o combate e a prevenção a este vírus. “Temos acompanhado o avanço dessa doença e é preciso que todos tenham a devida proteção e cuidado no combate e prevenção”, disse.

Coronel Azevedo comentou que espera “atenção do Governo ao pedido e possa ser atendido de forma rápida junto à população carente do estado”.

Na Assembleia Legislativa, o parlamentar também já protocolou requerimentos solicitando equipamentos de proteção para os operadores da segurança pública e profissionais da saúde.

Lacen passa a fazer teste do coronavírus no RN e prazo para resultado diminui de 10 dias para até 72 horas


Testes da Covid-19, causada pelo novo coronavírus — Foto: 
Carla Cleto/Ascom

23 de MARÇO 2020 - Desde a última sexta-feira (21), quando começou a fazer testes para o novo coronavírus - o Covid-19 - o Laboratório Central do Rio Grande do Norte realizou 63 análises, das quais 11 deram positivo. Com o início dos exames no estado, o tempo estimado para resultado sair caiu de 10 dias para até 72 horas, ou três dias.

A quantidade de kits para fazer o teste, no entanto, é limitada. O estado recebeu 100 do Ministério da Saúde. Restam pouco menos de 40, mas a expectativa é que outras remessas sejam enviadas semanalmente. A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) não sabe quando nem quantos novos kits deverão ser enviados.

MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos

Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN

De 50 exames que seriam encaminhados na sexta passada para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, apenas 25 amostras foram enviadas. Os outros 25 testes estão entre os que foram realizados pelo Lacen. Os resultados dos testes mandados para o Pará ainda são aguardados.

Foi a partir do início dos testes no Rio Grande do Norte, na sext (23) que o número de confirmações passou a crescer. Até então, havia apenas um caso confirmado por testes realizados no Pará - uma mulher de 24 anos, que já está curada. Das outras 12 confirmações registradas - todas entre sexta (23) e este domingo (22), 11 foram feitas pelo Lacen (17% do total de testes realizados) e uma por um laboratório privado.

Prazos

Até a semana passada, o Rio Grande do Norte não fazia testagem para o novo coronavírus, mas podia fazer testes para outras doenças. O protocolo funcionava da seguinte maneira: o paciente com febre, tosse seca e que viajou ao exterior ou teve contato com pessoas que estiveram em outros países ou tiveram contato com pessoas com suspeita ou infectadas era considerado um caso suspeito e submetido a coleta da amostra laboratorial, encaminhada ao Lacen do RN.

O teste do Lacen mostrava em até 72 horas se o paciente estava infectado com algum vírus respiratório como Influenza A, Influenza B ou H1N1, por exemplo. Em caso de positivo, a infecção por coronavírus era automaticamente descartada. Caso o resultado seja negativo ou inconclusivo, o paciente seguia sendo considerado como suspeito e o material coletado, enviado para análise no IEC, no Pará. Esse envio fazia com que a espera pelo resultado se estendesse por mais de 10 dias.

Agora, quando realiza o teste para outras doenças respiratórias e o resultado dá negativo para elas, o Lacen imediatamente pode realizar o teste para coronavírus. O resultado leva até 72 horas para ser entregue, mas pode ser ainda mais rápido.


Laboratório Central do Rio Grande do Norte (Lacen), passa a 
realizar testes para coronavírus — Foto: Ayrton Freire/Inter 
TV Cabugi

Por Igor Jácome, G1 RN