Seguidores

quinta-feira, 19 de julho de 2018

CLASSIFICADOS GARDÊNIAOLIVEIRA:PALIO À VENDA EM SERRINHA DOS PINTOS/RN

Em Serrinha dos Pintos/RN você encontra um carro Palio 2002/2003 em dia e muito bem conservado disposto à venda.
Imagem ilustrativa - Google

Palio branco ano 2002/2003, em dia, 4 portas, ar condicionado, vidros elétricos, direção hidráulica, motor 1.0 e muito bem conservado pertencente a Soró de Mara, residente no sitio boa Viste, zona rural desta cidade, encontra-se disposto à venda. 


Os interessados devem procurar por SORÓ DE MARA, ou entrar em contato com o mesmo pelo fono: (84) 9 9832-8211.

Não percam a chance de realizar um ótimo negócio!

Arrecadação do RN cresce 4,8% e soma R$ 2,7 bilhões no primeiro semestre


O Estado do Rio Grande do Norte arrecadou R$ 2,7 bilhões em impostos no primeiro semestre deste ano. Comparada a 2017, a arrecadação teve um crescimento real de 4,8%, ou seja, R$ 200 milhões de aumento.
De acordo com os dados da Coordenadoria de Arrecadação e Controle Estatístico, da Secretaria de Tributação do Rio Grande do Norte (SET-RN), o número representa a arrecadação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que engloba mais de 95% dos impostos arrecadados pelo Estado. Os outros, por serem mínimos, não estão incluídos na conta. O aumento é usado para cumprir o orçamento do governo.
Em 2017, a arrecadação no primeiro semestre foi de R$ 2,5 bilhões. Considerando a inflação, o aumento real deste ano é de 4,8%, ou seja, R$ 200 milhões. A pasta também registrou crescimento nominal em todos os meses do ano até agora, com exceção de junho, que registrou uma queda de R$ 8 milhões comparado ao mesmo mês em 2017.
O motivo da redução, segundo a secretaria, foi a greve dos caminhoneiros, pois os setores que registraram redução são os atacadista e industrial, os mais afetados pela paralisação. O Rio Grande do Norte é o 8º em todo o país em termos de crescimento de arrecadação, quando levados em consideração os meses de janeiro a abril.
 

Decisão: TSE aprova plebiscito e população escolhe nome de cidade do RN durante as eleições

Cidade do Oeste potiguar tem dois nomes oficiais: Campo Grande e Augusto Severo
Além de votar nos representantes políticos, os moradores de uma cidade do Oeste potiguar irão escolher o nome do município durante as eleições deste ano. O plebiscito foi aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os eleitores decidirão se preferem Campo Grande ou Augusto Severo.

Na esfera estadual, a cidade é conhecida como Campo Grande, mas para os órgãos da esfera federal, está registrada oficialmente como Augusto Severo, o que provoca problemas à administração municipal e dificulta o recebimento de recursos da União.

Requisitado pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-RN), o plebiscito foi aprovado pelo órgão federal. Assim, no dia 7 de outubro - primeiro turno das eleições deste ano - a população terá uma tela a mais para escolher o nome da cidade.

Antes do período da consulta, serão formadas duas frentes populares, com a participação de membros do Legislativo municipal em ambas. Uma frente vai apoiar o nome Augusto Severo, e a outra vai defender Campo Grande. Os grupos poderão fazer propaganda entre 16 de agosto e 6 de outubro.

De acordo com a resolução do TRE-RN, a pergunta que aparecerá na urna será "você é a favor da alteração do nome do município de Augusto Severo para Campo Grande?". A população poderá votar nas alternativas sim, não ou branco. O voto será obrigatório para maiores de 18 anos, sendo facultativo apenas para analfabetos, maiores de 70 anos e adolescentes entre 16 e 18.
Histórico da dualidade

Segundo conta Wagner Souza, vereador da cidade, o distrito foi criado com a denominação de Campo Grande, pela resolução provincial nº 17, de 31 de outubro de 1837, subordinado ao município de Caraúbas. Em setembro de 1858, a Lei provincial nº 114 transformou a localidade em cidade, ainda com o mesmo nome. “Interesses políticos, entretanto, fizeram com que essa Lei fosse derrogada através de outra lei provincial a de nº 601, de 05 de março de 1868, que extinguiu a vila, passando Campo Grande à simples posição de distrito do recém-criado município de Caraúbas”.

Dois anos mais tarde, em maio de 1870, uma nova lei emancipara novamente Campo Grande, agora com o nome de Triunfo. Triunfo que atualmente já é outra cidade, Triunfo Potiguar, um desmembramento de Campo Grande. A complicação não para por aí.

Esse desmembramento ocorreu em 1903, quando também começou a confusão com a oficialização da nova nomenclatura. O então município de Triunfo se dividiu em dois: Triunfo Potiguar e Augusto Severo. Este último seria o que os moradores entendem como a região de Campo Grande. “A Lei Estadual nº 197 originada do projeto do Deputado Luís Pereira Tito Jácome, mudou o nome do município para Augusto Severo o elevando à condição de cidade e sede do município”, explica Wagner Souza.

De acordo com o vereador, a sugestão do nome foi em homenagem ao amigo do então deputado e inventor do dirigível PAX, o potiguar Augusto Severo de Albuquerque Maranhão, natural de Macaíba. Mas o nome não caiu no gosto da comunidade local. Para a população, a localidade nunca deixou de ser Campo Grande.

Quase nove décadas depois, em 1991, através do Decreto Municipal nº 155, o município de Augusto Severo voltou a ser denominado com o seu nome de batismo, Campo Grande. Aconteceu após a realização de um plebiscito em que a população local optou pelo retorno do nome de origem. O problema está na realização deste plebiscito. O processo não é válido, porque foi feito em âmbito municipal. Quem tem poder legal para realizar o procedimento é a Assembleia Legislativa.

Foi o que gerou a duplicidade do nome. Wagner Souza diz que os órgãos estaduais e municipais reconhecem o município pelo nome de Campo Grande. Contudo para os órgãos da esfera federal é Augusto Severo. “Isso tem gerado problemas para o município, inclusive atrapalhado no recebimento de recursos federais", relata o parlamentar.

G1

Dupla em moto executa funcionário de lava jato em Umarizal/RN

Mais um homicídio na cidade de Umarizal, no alto oeste potiguar. O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (18), e a vítima foi um funcionário de um lava jato no bairro São José. 
Francisco de Assis Rodrigues Dias, 29 anos, morava no mesmo bairro e estava lavando um carro quando foi surpreendido por dois elementos em uma motocicleta de cor preta. Segundo informações colhidas no local, os elementos chegaram e logo ao avistar a vítima, o garupa foi logo atirando. 
Na cidade impera a lei do silêncio, mas a polícia conseguiu informações de populares que contaram que ouviram de cinco a seis disparos de arma de fogo. O crime aconteceu por volta das 16h30, e a vítima que era conhecido por ''Gudú'', após ser alvejado teve morte instantânea.
Os criminosos fugiram no sentido do bairro Caraíbas e ainda efetuaram disparos para cima e gritaram o nome da facção criminosa PCC. Algumas informações estão chegando através do disque-denúncia da Polícia Civil e da PM, e todas serão averiguadas. 
Gudú, apesar de ser um trabalhador, era usuário de drogas e tinha amizades com Junior Bactéria, morto na noite do dia 06 deste mês em um bar no centro da cidade. (RELEMBRE). 
No momento do crime três equipes do GTO estavam na cidade em diligências de outro ocorrido na tarde desta quarta-feira entre as cidades de Olho D'Água e Caraúbas, e ajudaram nas diligências, mas até o momento sem êxito.

*Umarizal News

Prazo para pedir voto em trânsito vai até 23 de agosto

 
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A partir desta terça-feira, 17, até 23 de agosto, o eleitor poderá habilitar-se perante a Justiça Eleitoral para votar em trânsito – fora do seu domicílio eleitoral – nas Eleições 2018. O voto em trânsito pode ocorrer no primeiro, no segundo ou em ambos os turnos, mas somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores.

As informações foram divulgadas pelo TSE. Segundo a legislação, para votar em trânsito, o eleitor deverá comparecer em qualquer cartório eleitoral e solicitar sua habilitação. Basta apresentar um documento oficial com foto e indicar o local em que pretende exercer seu direito de voto.

Apenas os cidadãos que estiverem com situação regular no Cadastro Eleitoral poderão votar em trânsito.

“Os eleitores que estiverem fora da unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderão votar em trânsito apenas na eleição para presidente da República. Já aqueles que estiverem em trânsito dentro da unidade da Federação, porém em município diverso de seu domicílio eleitoral, poderão votar para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual”, destacou o TSE.

O voto em trânsito não é permitido em urnas instaladas em outros países. Entretanto, eleitores com título cadastrado no exterior, e que estiverem em trânsito no território brasileiro, poderão votar na eleição para presidente.

Caso o eleitor habilitado para votar em trânsito não compareça à seção, ele deverá justificar sua ausência, inclusive se estiver em seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição. A justificativa de ausência nos dias de votação não poderá ser feita no município por ele indicado para o exercício do voto.

O voto em trânsito está previsto na Lei nº 4.737/1965 (Código Eleitoral), na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral nº 23.554/2017 e no Calendário Eleitoral 2018.

Locais de votação em trânsito

De acordo com a Resolução-TSE nº 23.554/2017, cabe aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) divulgar em seus sites, até o dia 17 de julho, onde haverá voto em trânsito. Os locais poderão ser atualizados até 23 de agosto.

As seções eleitorais destinadas à recepção do voto em trânsito deverão conter no mínimo 50 e no máximo 400 eleitores. Se o número de eleitores não atingir o mínimo previsto, o TRE agregará a seção eleitoral a outra mais próxima, visando garantir o exercício do voto.

Transferência temporária de eleitores

A transferência temporária para outra seção eleitoral é facultada ainda aos presos provisórios e a adolescentes que cumprem medida socioeducativa em unidades de internação, bem como aos integrantes das Forças Armadas, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Ferroviária Federal, das polícias civis, das polícias militares, das equipes do Corpo de Bombeiro e também de guardas municipais que estiverem em serviço por ocasião das eleições.

No caso desses eleitores, seus nomes e dados serão indicados pelos responsáveis pelas unidades prisionais e de internação, bem como pelo comando das respectivas corporações. A medida deve ser comunicada à Justiça Eleitoral a partir desta terça-feira, 17, até 23 de agosto.

O mesmo prazo vale para os eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida que não tenham solicitado a transferência para uma seção especial dentro do prazo de fechamento do Cadastro Eleitoral, que ocorreu no dia 9 de maio deste ano.

Ou seja, eleitores com deficiência ou dificuldade de locomoção que perderam o prazo ou pessoas que passaram a ter essa condição após 9 de maio, ainda poderão fazer a transferência do local de votação até 23 de agosto. “Dessa forma, o cidadão terá garantido o direito de votar em local que esteja apto a atender suas necessidades.”

Estadão Conteúdo / Blog do BG

Rosa Weber rejeita pedido para declarar Lula inelegível antes mesmo do registro da candidatura


 
Foto: Alan Marques/ Folhapress

A ministra Rosa Weber, presidente eleita do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rejeitou nesta quarta-feira (18) um pedido de integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fosse declarado inelegível antes mesmo de a candidatura dele ser registrada.

O MBL queria que o tribunal decidisse sobre o tema antes mesmo de a candidatura de Lula ser registrada na Justiça Eleitoral.

Lula está preso desde abril, condenado em um processo relacionado à Operação Lava Jato.

Em janeiro deste ano, antes de Lula ser preso, o PT lançou o ex-presidente como pré-candidato ao Palácio do Planalto nas eleições deste ano.

De acordo com o partido, o registro da candidatura acontecerá em 15 de agosto, quando o prazo será encerrado.

Entenda a decisão

A ação analisada por Rosa Weber, apresentada na última sexta-feira (13), pedia a concessão de uma liminar (decisão provisória) para “declarar desde já a incontroversa inelegibilidade” de Lula.
Ao analisar o caso, a ministra entendeu que os integrantes do MBL não têm legitimidade para apresentar esse tipo de pedido e, por isso, sequer analisaria o caso.

Segundo Rosa Weber, o pedido é “genérico, apresentado por coordenadores de um movimento social, antes do início do período legalmente destinado à oficialização das candidaturas”.

Rosa Weber destacou, ainda, que o pedido é impertinente, pois a inelegibilidade somente pode ser questionada após a escolha do candidato mediante convenção partidária, cujo prazo só terá início no dia 20 de julho, e após o registro de candidatura.

G1 / Blog do BG

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Assaltantes armados de fuzil com caminhão-baú de apoio roubam carga dos Correios na Grande Natal

Bandidos armados de fuzil interceptaram uma carreta dos Correios e roubaram a carga por volta das 5h desta quarta-feira (18), próximo à cidade de Arez, na Grande Natal. O veículo seguia na BR-101, próximo a Usina Estivas, quando foi interceptado por assaltantes em dois carros.
Segundo a Polícia, armados, os bandidos ordenaram que o motorista da carreta seguisse por uma estrada de barro que dá acesso a Arez, e mandaram ele parar o veículo. Neste momento, chegou um caminhão-baú, que deu apoio à ação. Na sequência, os assaltantes transferiram parte da carga dos Correios para o caminhão e fugiram com destino ignorado.
 

Armas, munições e veículo com queixa de furto/roubo são apreendidos em Umarizal/RN

As Polícias Civil e Militar de Umarizal, em operação conjunta, após receberem denuncia anônima, efetuaram a prisão de Clara Isabela Alves Fernandes, 20 anos, no sítio Remédio, zona rural do município de Umarizal/RN. 

Com a flagranteada, foram apreendidas duas espingardas, sendo uma calibre 12 e uma de fabricação artesanal, 34 munições calibre 12, 46 munições calibre .40, 08 aparelhos Smartphones, 01 notebook marca positivo, uma balaclava de cor azul e uma motocicleta Honda XRE 300, placa OFY-1318/PB, com queixa de roubo. 

Segundo o Delegado Paulo Nilo, parte dos produtos roubados, ora apreendidos, podem ser produtos dos assaltos ocorridos no dia de ontem na cidade de Umarizal e no assalto realizado na cidade de Caraúbas, que vitimou o ônibus de estudantes que se deslocava à UFERSA. As investigações continuarão para identificar mais envolvidos em crimes praticados pelo suposto grupo. A flagranteada foi autuada como incursa nos arts. 180 do CPB, arts. 12 e 16 da lei no. 10.826/03. 

As Policias civil e militar, com mais essa prisão, reafirmam à sociedade de Umarizal que o crime não terá sossego nesta cidade. Através de um trabalho incansável, os delinquentes estão sendo presos e retirados do seio da sociedade de bem.

*Umarizal News

Emprego: Inscrições para o concurso que preencherá mil vagas na PM estão abertas


As inscrições do Concurso Público para provimento de mil vagas do quadro de Praças da Polícia Militar do Rio Grande do Norte começaram nesta segunda-feira (16) e seguem até o dia 13 de agosto. O candidato deve realizar sua inscrição pela internet, no site. O valor da inscrição é de R$100,00.
O concurso, regido pelo Edital Nº 003/2018 – SEARH/PMRN, oferece 938 vagas destinadas ao sexo masculino e 62 ao sexo feminino.
O certame será composto de sete etapas. A primeira etapa é dividida em duas fases: prova objetiva e redação. As demais etapas são: exame de saúde; teste de aptidão física (TAF); avaliação psicológica; investigação social, avaliação de títulos e curso de formação.
A primeira etapa será realizada no dia 23 de setembro de 2018, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, conforme escolha do candidato no momento da inscrição. O cronograma previsto e o edital estão disponíveis no site da instituição organizadora do certame, Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade).
G1RN
Via: Eugênio Freitas

Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas

Foto: Arquivo / Agência Brasil

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira(17) reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. A medida vai provocar aumento nas contas de luz entre 0,02% e 3,86%, segundo a Aneel. O impacto médio será de 1,54%.
O impacto na conta de luz depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de cotas (volume de energia) que cada distribuidora compra das hidrelétricas. O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões.
A remuneração total recebida pelas usinas, de julho de 2018 a junho de 2019, será de R$ 7,944 bilhões.
Segundo a Aneel, a receita anual de geração é calculada considerando os valores do Custo da Gestão dos Ativos de Geração (GAG), acrescidos de encargos de uso e conexão, receita adicional por remuneração de investimentos em melhorias de pequeno e grande porte, investimentos em bens não reversíveis, Taxa de Fiscalização dos Serviços de Energia Elétrica, custos associados aos programas de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética e eventuais ajustes.
O regime de cotas foi implantado por meio da Medida Provisória nº 579, de 2012, com renovação automática das concessões de usinas hidrelétricas. Para isso, as hidrelétricas tiveram que vender energia às distribuidoras por um preço fixo, determinado pela Aneel, ao contrário de firmarem preços conforme o mercado e as realidades das instituições.

* Diário de Pernambuco
Via: Eugenio Freitas

MÉDICOS BRITÂNICOS ALERTAM SOBRE SUPERBACTÉRIA TRANSMITIDA SEXUALMENTE

AGÊNCIA BRASIL


A Associação Britânica de Saúde Sexual e HIV (BASHH, na sigla em inglês) acendeu a luz de alerta para uma infecção sexualmente transmissível que se alastra pelo mundo, tratada como “superbactéria”. A contaminação da Mycoplasma genitalium (MG) ocorre em relações sexuais sem o uso de preservativo.
Por ser uma doença ainda pouco conhecida, nem sempre há testes para diagnóstico preciso e também medicamentos específicos. As informações sobre a superbactéria estão sendo reunidas e analisadas.
Um estudo divulgado pela BASHH alerta que, se medidas urgentes não forem tomadas, a MG pode se tornar uma “superbactéria” em dez anos. Atualmente, uma em cada 100 pessoas infectadas pode não responder ao tratamento.
Segundo a análise, os dados preocupam porque a não reação ao tratamento pode levar até 3 mil mulheres por ano a terem doença inflamatória pélvica (DIP) causada por MG e com risco de infertilidade.

Características

A “superbactéria” provoca sintomas semelhantes aos da clamídia – doença sexualmente transmissível também por bactéria que provoca dores, inflamação pélvica e corrimento -, mas é mais resistente ao tratamento e, se não tratada, pode levar à infecção da órgãos reprodutivos e causar infertilidade.
Há, ainda, mais semelhanças entre a contaminação por Mycoplasma genitalium (MG) e outras doenças sexualmente transmissíveis. No caso do homem, provoca ardência ao urinar e secreção, além de inflamação dos órgãos internos.
Nas mulheres, a superbactéria provoca dor ao urinar, inflamação de órgãos internos, secreção e infertilidade, em situações mais graves.
De acordo com especialistas, homens e mulheres correm risco de serem contaminados pela MG quando fazem sexo desprotegido, no caso, sem o uso de preservativo. A contaminação pode ocorrer por via oral, vaginal e anal.

Prevenção e Tratamento

O estudo informa que 72% dos especialistas em saúde sexual disseram que é preciso mudar as práticas sexuais para se tornem mais seguras. No caso, recomendam um alerta das autoridades públicas sobre as ameaças do avanço da superbactéria.
O porta-voz da BASHH, Paddy Horner, afirmou que a MG é tratada com antibióticos, mas até recentemente não havia testes disponíveis para diagnosticar a doença. Segundo ele, houve situações de diagnóstico e tratamento equivocados.
Para elaboração do estudo, foram ouvidos 169 especialistas em saúde sexual que atuam no Reino Unido. Entre as recomendações apresentadas estão o melhor controle da resistência aos antibióticos, a busca pelo diagnóstico mais preciso, a redução de custos do tratamento e o acompanhamento.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Grande final da CPF 2018

O jogo mais importante da temporada pelo futebol amador se aproxima, é domingo, as 16:00 h no estádio O Piozão em Major Sales, final da Copa Primo Fernandes 2018. E desta feita será uma final inédita em muitos sentidos.

Inédita porque tem uma equipe do Ceará na final, em todas as outras edições a final ou era entre equipes do Rio Grande do Norte ou RN e PB, ou até mesmo entre só paraibanos como aconteceu em 2016 entre Uiraúna e Cruzeiro de Sousa onde o primeiro conquistou o bi. Inédita também porque nenhuma dessas duas equipes chegaram a final antes.

Na verdade, o time do Ceará, no caso o Icó Esporte Clube, disputa a competição pela primeira vaze, e até agora não conhece derrota, e juntamente com o União de Riacho dos Cavalos, são as duas únicas equipes da história que ainda não perdeu nessa competição, até porquê como citado antes participam pela primeira vez.

Nessa edição, o adversário, Lastro Futebol Clube também está invicta, não sentiu ainda o gosto amargo da derrota.

Na verdade as duas poderão continuar invictas, desde que a partida termine empatada e seja decidida nas penalidades, condições que as duas passaram na semifinal.

Vamos recordar as trajetórias das mesmas até aqui:

Começando pelo time do Icó, que fazia parte do grupo D e se classificou em primeiro do grupo, com a seguinte classificação:

Equipes
PJVEDGPGCSG
Icó
10431014212

Jogos:
Popular
0x1Icó
Icó
2x2Escolinh
C. Rei
0x7Icó
Icó
4x0Triunfo

Nas oitavas:
Icó
3x0
Aparecida


Nas quartas:
Icó
3x1
29 de Abril


Nas semi
Icó
(4) 0x0 (2)União 

Já o Lastro vem do grupo E, onde também ficou em primeiro lugar no seu grupo com 100% de aproveitamento:
Equipes
PJVEDGPGCSG
Lastro
124400844

Jogos:
Independente

1x2Lastro
Lastro
2x1
Aparecida

JAV
0x1Lastro
Lastro
3x2Cruzeiro

Nas oitavas:
Lastro
2x1A Motos

Nas quartas:
Lastro
1x0Reds

Nas semi
Lastro
(4) 3x3 (2)Santos

A programação para esse final de semana começará no sábado com duelo entre mais duas equipes invictas, Santos de Major Sales, enfrentando o União de Riacho dos Cavalos em jogo que decide o terceiro lugar.

Além disso, vale também a artilharia para o jogador Manu que tem 7 gols empatado com Jerry que não joga mais, e o melhor goleiro, no caso Danilo que sofreu apenas 3 gols, mesmo total sofrido pelo goleiro Gugu do Icó.

O jogo que decide o terceiro lugar, será as 15:45 h.

E finalmente, no domingo a grande final, antes com preliminar entre as equipes de juniores de Major Sales x Pau dos Ferros, e as 16:00 h, a bola rola para Icó x Lastro.

Copa Primo Fernandes