Seguidores

sábado, 25 de março de 2017

DHPP elucida chacina e aponta Sindicato do Crime como responsável pelas mortes no baile Funk

Cerca de cinco membros da facção criminosa Sindicato do RN foram responsáveis pela chacina ocorrida na noite do dia 11 deste mês, durante um baile funk em um clube no bairro Boa Vista em Mossoró, onde cinco pessoas foram assassinadas e outras cinco ficaram feridas. (RELEMEBRE AQUI)
A Conclusão é da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Mossoró, que num prazo de 13 dias do ocorrido, elucidou o caso. Dois membros da facção criminosa RN foram presos e confessaram o crime.
O delegado da Divisão de Homicídios, Rafael Arraes,convocou a imprensa nesta tarde de sexta feira (24), para divulgar o resultado da investigação e apresentar os dois criminosos que foram presos em operações da Polícia Civil nos últimos dias.
Segundo Arraes, Francisco Josenilson Silva e Felipe Martins dos Santos, natural de Parnamirim RN, confessaram participação na chacina e disseram que foram ao baile de favela para matar o rival Eduardo Nunes Farias, membro da facção PCC e que as demais pessoas que morreram teriam sido vítimas de balas perdidas.
Francisco Josenilson foi preso durante uma operação da DHPP, DIVPOE E DEFUR, na tarde de quarta feira passada (22) em uma residência, na Rua Francisco Ferreira Lopes no bairro Santo Antônio.
Já Felipe Martins foi preso pela DHPP na manhã desta sexta feira, em uma casa alugada por ele para guardar equipamentos ilícitos, na Rua Pedro Velho, bairro Santo Antônio. Na residência os policiais encontraram uma arma de fogo, coletes balísticos e farda da polícia Civil.
O delegado Arraes, informou ainda que um terceiro participante da chacina já foi identificado e que é questão de tempo prendê-lo.
Arraes ressaltou que o empenho dos policiais da DHPP e de agentes de outras delegacias, como Divpoe e Defur e a colaboração da população através de denuncias, foram Imprescindíveis na elucidação do crime.
Ele destacou também a agilidade da justiça que de imediato atendeu a solicitação da DHPP, expedindo mandados de prisão para os envolvidos na chacina.
Após serem apresentados à Imprensa, Francisco Josenilson e Felipe Martins foram encaminhados à Unidade prisionais da cidade. Josenilson foi para a Penitenciária Mário Negócio, uma vez que o mesmo era preso de justiça e Felipe Martins foi conduzido à Cadeia Pública.


Fim da Linha
Via: Sentinelasdo Apodi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Visitors