Seguidores

terça-feira, 7 de março de 2017

Cantor baiano é decapitado e tem o corpo queimado em Salvador

decapitado
O cantor e compositor Felipe Yves, de 21 anos, foi brutalmente assassinado em Salvador, Bahia, na segunda-feira (6), de acordo com informações do jornal Correio 24h. Ele é conhecido por ser autor das músicas Bota o bumbum dela no paredão, popularizada na voz de Léo Santana, e Depois de nós é nós de novo, de Igor Kannário. O artista teria sido morto no bairro de Boca da Mata, na capital baiana, após ser decapitado com uma faca. O corpo do jovem também teria sido queimado.
O jornal afirma que o corpo foi removido de um matagal pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), que também realizou uma perícia no local. Felipe teria sido reconhecido por populares que estavam na localidade mas seu corpo ainda não foi oficialmente identificado pelas autoridades. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda não há informações sobre as motivações do crime.
Além do trabalho como compositor, Felipe também trabalhou como vocalista na banda de pagode Golaço. No mês passado, havia anunciado nas redes sociais o início da carreira como cantor gospel. Apesar da falta de confirmação da polícia, fãs já lamentam a morte do artista na internet. “O pagode está de luto…Vá com deus Felipe Yves… Igor Kannário, Léo Santana gravaram sucesso desse jovem cantor e compositor”, escreveu um usuário.
Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Visitors